Catedral de Brasília - Oscar Niemeyer

A monumentalidade de Brasília é de Oscar Niemeyer. Nesse contexto, uma das obras dele que mais se destaca na Esplanada dos Ministérios é a Catedral.


Foto: Nathan Humberto

O projeto e a construção se deram entre 1959 e 1970. A Catedral é formada por 16 pilares de seção parabólica em concreto armado que pesam cerca de 90 toneladas cada um e são unidos por um anel na parte superior. O cálculo estrutural da Catedral bem como de outros edifícios de Oscar Niemeyer são de Joaquim Cardozo.

Cálculo Estrutural: Joaquim Cardozo
 A catedral está em um nível abaixo do solo. O acesso foi feito de maneira a não cortar a obra. Uma rampa escura leva os fieis do plano do solo à igreja. Uma surpresa. O acesso funciona como um caminho de preparação (escuro) até chegar ao céu (igreja iluminada pela luz natural que transpassa os vitrais). 

Rampa de acesso à igreja; Anjos suspensos de Alfredo Ceschiatti.

É circundada por um espelho d’água e possui entre os pilares, vitrais da autoria de Marianne Peretti. Em seu interior, além da imensidão do céu, você irá se deparar com três anjos de Alfredo Ceschiatti, que possuem entre 100  e 300 quilos e são suspensos por cabos de aço.

Espelho d'água circunda a igreja.

À frente da igreja se podem observar quatro esculturas em bronze de 3 metros de altura do italiano Alfredo Ceschiatti que representam "Os Quatro Evangelistas"

Os Quatro Evangelistas; Campanário.
O campanário é uma estrutura marcante que fica ao lado da igreja. Construído como uma espécie de torre ou farol, abriga os sinos doados pelo Governo da Espanha. 

Croqui Catedral de Niemeyer





CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário