Como pintar minha própria parede?

Quem nunca precisou pintar uma cômodo ou a casa toda e passou um aperto com preço da mão de obra ou com alguma serviço mal feito? Essas situações são bastante comuns e por isso, vou ensiná-los a economizar dinheiro e stress colocando a mão na massa, ou melhor na tinta.




Quando me mudei para o meu atual apartamento eu e minha família optamos por pintar o apartamento inteiro. Meus pais já tinham pintando nossa casa no interior sozinhos e concluíram que pintar uma apartamento seria mais fácil... Mas não é bem assim...




Antes de começar a mão de obra é necessário que se escolha a tinta adequada ao ambiente. Atualmente no mercado existem diversos tipos de tintas.
Separei os principais pontos de cada uma para ajudá-los a escolher.




Látex PVA: possui uma base solúvel em água, o que é ótimo pois pode receber pinceis molhados ou até diluir um pouco a tinta. Bastante utilizada em paredes internas pois pode ser limpa apenas com pano úmido. Não possui fortes odores e seca rapidamente. Não é recomendado para áreas molhadas.



fonte: Casa e Jardim
Tinta acrílica: Alta impermeabilidade, recomendada para áreas externas e áreas molhadas. Estas tintas podem ser lavadas.



Tinta esmalte: Não é solúvel em água já que sua base é "à óleo". Permite a lavagem com mais facilidade e é mais utilizado para pintar esquadrias de metal ou madeira.


Tintas epóxi e poliuretano: são sintéticas e insolúveis em água. Podem ser utilizadas para pintar pisos e cerâmica e portanto são recomendadas para áreas molhadas como banheiro e cozinha e áreas inundadas como piscinas e caixas d´água.





Existe ainda a possibilidade de misturar a tinta branca do tipo desejado com corantes para obter novas cores.



 Para pintar as paredes devemos seguir alguns passos:


  • Forrar o piso ou os móveis com jornais, plásticos ou lençois;
  • Usar fita crepe de boa qualidade- ou passar massa corrida nesta para que a tinta não penetre- para cobrir extremidades que não devem ser pintadas como esquadrias, rodapés, etc e JAMAIS tire a fita antes da parede estar totalmente seca;
  • Para calcular a quantidade de tinta necessária é preciso calcular a área a ser pintadaMeça a largura da parede e multiplique pela altura do pé-direito (altura do chão ao teto). Depois, multiplique essa metragem pelo número de demãos necessárias- geralmente duas ou três;
  • Caso sua parede possua imperfeições, cubra estas com massa corrida, espere secar por cerca de 20 minutos e lixe a superfície;
  • Pinte sempre no sentido vertical e espere a tinta secar para pintar mais uma demão;
Para pintar paredes com listras, basta marcá-la com fita crepe de qualidade para criar "moldes".



Para quem é pouco habilidoso existem carimbos que podem ser aplicados na parede já pintada em um tom diferente.



As paredes do meu quarto foram pintadas por mim. Em duas destas, eu optei por fazer 
listras nas cores creme e lilás. Para isto, medi horizontalmente e verticalmente as 
divisórias e optei por deixá-las brancas assim que retirei a fita crepe.











Animaram-se para colorir a casa? (:

Gostaram?! Então que tal acompanhar as dicas do blog pelo facebook? :)

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário