O que se estuda em um curso de arquitetura?

Olá pessoal!

Projetando na madrugada...
Está em  dúvida do que cursar em sua graduação?  Esse post pode te ajudar! É um post um pouco mais longo. Resolvi resumir (na medida do possível) o que é o curso de arquitetura a partir das experiências que venho tendo...

A dúvida do que cursar na faculdade é super comum. Eu por exemplo, pensava em fazer psicologia. Com o decorrer do cursinho resolvi arriscar arquitetura e urbanismo e logo me perguntei: o que se estuda em um curso de arquitetura?

Estudar Arquitetura e Urbanismo é sobretudo, riquíssimo em todos os aspectos. Amantes da arte, da própria arquitetura e mentes criativas certamente irão amar! Eu, que sou apaixonada por artes e trabalhos manuais, me encontrei!

O curso é bastante exaustivo e é comum que nós, estudantes, viremos noites para entregar trabalhos no prazo, já que estes são, no sentido literal da palavra, bem trabalhosos! Mas é muito gratificante ver o resultado final dos trabalhos e projetos! 

Eu adoro a parte de projeto principalmente a parte de produzir maquetes! Na verdade, eu e muita gente temos uma relação de amor e ódio com maquetes. Você provavelmente também irá passar por isso. Seu dedo sujo de cola irá sujar o papel, o estilete vai escorregar e, depois de horas de um serviço bom ou mais menos, você certamente irá chorar! Mas no final sempre dá tudo certo, ou quase isso!


QUAIS MATÉRIAS SE ESTUDA NO CURSO DE ARQUITETURA?
  
Essa é minha turma no primeiro semestre do curso!
Ao longo do curso existem matérias  teóricas, práticas e técnicas (história da arquitetura e da arte, projeto arquitetônico, urbanismo, desenho/plástica,  cálculos de estruturas, softwares ).

Se você é criativo, certamente as matérias de plástica e as de projetos serão suas queridinhas! Nas matérias de projeto temos a oportunidade de fazer  projetos que vão da escala de habitação à escala monumental e, normalmente, são as matérias mais puxadas que transforma nossas noites em dia!  
   
A parte de desenho e plástica estimula nossa criatividade, aperfeiçoamento  do traço e etc. Eu adoro, porque normalmente são as mais relaxantes (exceto pelo número de trabalhos) e se tornam ferramentas para fazer trabalhos de outras matérias.

Composição pessoal para a matéria de geometria.
A parte técnica é referente mais ao campo  da engenharia na qual os alunos desenvolvem  o cálculo das estruturas de uma maneira geral. Passando de cálculos de vigas, pilares à concreto e aço.



A parte de softwares varia dependendo da universidade. O aluno aprende a utilizar ferramentas como AutoCAD, Revit, Form-Z entre outros, que serão utilizados para auxiliar às matérias de projeto.



Bom pessoal, por hoje, é isso! O post ficou enorme, mas queria citar as partes mais importantes! Espero que tenham gostado ou que possa ajudá-los de alguma maneira! :)
  
Projeto realizado em sala desenvolvido em form-Z.



Gostaram?! Então que tal acompanhar as dicas do blog pelo facebook? :)

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário